Startups brasileiras já captaram US$ 750 milhões de investimentos


Leia agora o case da startup Foregon, entenda o caminho percorrido e a preparação para captar recursos


Situação:

Como a Foregon surgiu, qual seu propósito e contexto.

Estratégia:

A aproximação do ecossistema de startups está sendo decisiva na jornada de sucesso da Foregon.

Visão de futuro:

O fortalecimento da marca, objetivos e como o time da startup está se preparando.

Depoimento:

Com a palavra, o CEO Gustavo Marquini.

Traga sua startup para a maior comunidade independente de inovação da América Latina

Mentorias, eventos, conexões com grandes empresas, validação de processos e descontos em ferramentas.

Ao realizar o cadastro você também está autorizando a Distrito a enviar conteúdos de seu interesse. Respeitamos a sua privacidade e não fazemos spam, confira nossa política de privacidade. 

Situação

A Foregon é uma fintech com 20 anos de mercado, que nos últimos 4 anos cresceu mais de 25 vezes.

Conforme o CEO Gustavo Marquini, a aproximação com o ecossistema tem sido fundamental na alavancagem do negócio.


“Apenas em 2019, ajudamos mais de 9 milhões de pessoas com nossas ferramentas e conteúdos.”

Todos os dias, milhões de brasileiros procuram algum produto financeiro: escolher um cartão de crédito, pedir um empréstimo, fazer um financiamento ou abrir uma conta bancária.


A Foregon facilita a decisão do usuário, ajudando-o a encontrar e solicitar o produto financeiro mais adequado ao seu perfil. Sem burocracia e sem cobrar nada por isso.

Estratégia

“Estar próximo do ecossistema de startups foi um grande diferencial para conseguirmos mudar o nosso negócio e crescer mais de 25 vezes nos últimos 4 anos. Nós realizamos e apoiamos eventos como meetups, startup weekends e hackathons e hoje somos residentes no Distrito for Startups, que é a maior comunidade independente de inovação e startups do Brasil.”


Aqui no Distrito, temos acesso a treinamentos de ponta para toda a equipe, participamos de eventos, contamos com estudos exclusivos do mercado, mentorias com especialistas e vários outros benefícios que nos ajudam a evoluir dia a dia.


Atribuo o nosso crescimento a 3 principais fatores, e vou resumir cada um deles aqui:


  • Mudança de posicionamento e propósito: antes de 2016, a Foregon estava focada em atender os bancos. Mudamos nosso posicionamento e propósito, e colocamos o usuário no centro do nosso negócio. Parece óbvio e simples, mas colocar isso em prática é um mega desafio.


  • Empoderamento do time e mudança de cultura, de uma empresa tradicional para uma cultura de startup: isso inclui incentivo ao erro, usuário no centro do negócio, liberdade de horários, foco nos resultados e, principalmente, fazer cada pessoa do time acreditar e se orgulhar de que estamos resolvendo um problema de milhões de brasileiros.


  • Participação ativa no ecossistema de startups: além de muitos outros benefícios, esse movimento nos ajudou muito a atrair, capacitar e reter pessoas para o nosso time, e são elas que nos trouxeram até aqui e nos levarão a crescer muito mais. Hoje somos Great Place To Work e temos convicção que participar do ecossistema foi um ponto crucial para essa mudança.

Visão de Futuro

Temos em nossa estratégia o fortalecimento da nossa marca e uma possível captação de investimento.


Nesse sentido, o programa Distrito for Startups caiu como uma luva.


Em poucas semanas como residentes, tivemos a oportunidade de expor a nossa marca junto com o Distrito, participamos de treinamentos e estamos sendo mentorados na construção do nosso material para uma possível captação de investimento.


Por estarmos no interior, sempre foi um desafio participar de um ecossistema mais maduro e rico, como o de São Paulo. Até que conhecemos o Distrito, nos tornamos residentes e já colhemos excelentes resultados.

Depoimento